Show Buttons
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkdin
Share On Pinterest
Contact us
Hide Buttons

Indústria da comunicação estima receita de R$ 57,4 bi

Indústria da comunicação estima receita de R$ 57,4 bi

Cálculo relativo a 2008 se baseou em estudo do IBGE, atualizado por dados do Projeto Inter-Meios

Alexandre Zaghi Lemos

27/05/2009 – 16:03

A indústria brasileria da comunicação teve receita de R$ 57,4 bilhões em 2008, segundo estimativa apresentada nesta quarta-feira, 27, durante o I ForCom – Fórum da Indústria da Comunicação, realizado no Hotel Hyatt, em São Paulo. O montante representa aproximadamente 2% do Produto Interno Bruto do país, que foi de quase R$ 2,9 trilhões no ano passado.

Para chegar a este total, foi tomado como base um amplo estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o desempenho financeiro do mercado em 2005 a pedido da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap). Depois de quase dois anos de análises pelos técnicos do instituto – dado o ineditismo da iniciativa – e dos estornos propostos pela entidade das agências – que retirou receitas geradas pela venda de livros e CD’s, além de produtos gráficos não ligados ao mercado, como a impressão de formulários -, chegou-se, em julho do ano passado, ao montante de R$ 43 bilhões, relativos ao exercício de 2005.

Considerando este resultado e a estimativa de R$ 57,4 bilhões, relativa a 2008, é possível atribuir crescimento de cerca de 33,5% ao mercado brasileiro de comunicação nos últimos três anos.

O trabalho do IBGE relativo a 2005 levou em conta a Pesquisa Anual de Serviços, que colhe dados de todas as empresas do setor, e a Pesquisa Industrial, que ouve empresas com mais de 5 pessoas ocupadas. Para atualizar os números para o ano de 2008, a estimativa considerou dados do Projeto Inter-Meios, que calculou em R$ 29,4 bilhões a movimentação do mercado publicitário em 2008 – incluíndo o investimento em compra de mídia e em produção. Com isso, pode-se concluir que as demais disciplinas do mercado de comunicação movimentaram no ano passado R$ 28 milhões (48,8% do total).

O I ForCom reuniu cerca de 90 representantes das 33 entidades representativas de todo o mercado, que estiveram envolvidas no IV Congresso Brasileiro de Publicidade, realizado em julho de 2008. Presidido por Dalton Pastore, atual presidente do Conselho Superior da Abap, o ForCom pretende ser uma instância permanente, com pelo menos uma reunião anual, para dar prosseguimento às proposições feitas durante o evento do ano passado.

Fonte: M&M Online

Comentarios

comentarios

28 de maio de 2009 / Nacional, Noticias / Tags: , , ,

Compartilhe esse post

Sobre o Autor

Comentários

Sem nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu email não irá aparecer no comentário Os campos destacados são obrigatórios *