Show Buttons
Share On Facebook
Share On Twitter
Share On Google Plus
Share On Linkdin
Share On Pinterest
Contact us
Hide Buttons

Campo da comunicação desperta interesse nacional em curso de férias promovido pela Intercom

Campo da comunicação desperta interesse nacional em curso de férias promovido pela Intercom

Contando com 53 participantes, procedentes de todas as regiões do país, encerrou-se na tarde de 10 de julho de 2009 o I Curso de Introdução ao Campo da Comunicação, promovido pela INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, com o apoio institucional da Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. Realizado no auditório Aluisio Biondi da Facasper, o encerramento do curso foi feito pelo Diretor Administrativo da INTERCOM, Prof. Dr. José Carlos Marques, que agradeceu ao Professor José Marques de Melo a iniciativa do evento, bem como sua coordenação pedagógica.

Curso de Extensão, em nível de pós-graduação, com carga-horária de 30 h/a, teve como público-alvo recém graduados e/ou jovens professores residentes em Rondônia, Pará, Ceará, Paraíba, Goiás, Piauí, Paraná, Santa Catarina e de várias cidades do interior paulista, entre outros. Ministrado de 6 a 10 de julho de 2009 – das 9h-12h e 14h-17h – o curso pretendeu atualizar o conhecimento dos jovens pesquisadores, oferecendo subsídios para o exercício da docência em Comunicação Social.

Integraram voluntariamente o corpo docente os seguintes sócios: Anamaria Fadul, Francisco de Assis, José Carlos Marques, José Marques de Melo, Márcia Tondato, Margarethe Born Steinberger, Margarida Kunsch, Maria Cristina Gobbi e Osvando José de Moraes. Os honorários docentes foram doados para o fundo de construção do novo auditório que a INTERCOM vai iniciar na Estação Pinheiros, em São Paulo.

A primeira aula, ministrada no dia 6 de julho – segunda-feira – das 9h-12h – teve como tema “O campo acadêmico da Comunicação”, focalizando os seguintes aspectos: História do campo: remota, antiga, moderna, contemporânea e recente. Panorama brasileiro: marcos institucionais, comunidade acadêmica e conexões internacionais. Professor: José Marques de Melo – Doutor e Livre-Docente em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, como bolsista da FAPESP e do CNPq, fez pós-doutorado nas universidades de Wisconsin (EUA) e Complutense (Espanha). Professor Emérito da ECA-USP e Titular da Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação.

Das 14h às 17h, os participantes foram introduzidos à Epistemologia e Taxonomia da Comunicação pela Professora: Anamaria Fadul – Mestre e Doutora em Filosofia pela FFLCH – USP, que fez pós-doutorado na Universidade de Roma, como bolsista da FAPESP, conquistando depois o título de Livre-docente em Ciências da Comunicação pela ECA-USP. Ela discorreu sobre os fundamentos filosóficos da comunicação, estimulando reflexões sobre epistemologia e taxonomia, para chegar à classificação do conhecimento produzido no âmbito das ciências da comunicação.

No dia seguinte, terça-feira, os alunos assistiram aulas sobre “Correntes teóricas da comunicação” e “Os métodos usados pelos pesquisadores de comunicação”. O primeiro tema foi tratado por Francisco de Assis, mestrando em Comunicação Social (UMESP) e Bolsista CNPq, também assistente do Professor Marques de Melo na coordenação do GP de Gêneros Jornalísticos da INTERCOM. Ele resumiu o panorama do conhecimento teórico sobre comunicação, as escolas de pensamento, os autores principais e suas idéias matrizes.

Márcia Perencin Tondato analisou os métodos usados pelos pesquisadores de comunicação. Ela é Doutora em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, professora-pesquisadora do Programa de Mestrado em Comunicação e Práticas de Consumo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP), além de pesquisadora do OBITEL – Observatório Iberoamericano de Ficção Televisiva. O conteúdo de sua aula privilegiou a pesquisa em Comunicação e suas correntes teórico-metodológicas, a falsa dicotomia: quali x quanti, o projeto de pesquisa, sem esquecer as técnicas de investigação: abordagens estruturadas e não estruturadas, instrumentos, amostragem etc.

No dia 8 (quarta-feira) – das 9h às 12h –, Margarida M.Krohling Kunsch reconstituiu o panorama do estudo da comunicação na América Latina. Professora Titular da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), Doutora, livre-docente e mestre em Ciências da Comunicação pela mesma instituição, ela é a atual presidente da Comissão de Pós-Graduação da ECA-USP. Foi presidente da INTERCOM- Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e da ALAIC-Asociación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación. Sua aula aprofundou a contribuição dos centros de pesquisa e das associações acadêmicas e científicas (CIESPAL, FELAFACS e ALAIC) para os estudos de Comunicação na América Latina; Mereceu destaque a ALAIC como catalisadora dos estudos críticos da Comunicação e da pluralidade temática dos estudos latino-americanos de comunicação, delineando tendências e perspectivas.

À tarde do mesmo dia, o tema “Pensamento Comunicacional Latino-americano” foi tratado pela Professora Maria Cristina Gobbi, que é Mestre e Doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, tendo desenvolvido estudos de pós-doutorado no PROLAM-USP. Diretora-Suplente da Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação, ela é também docente do Mestrado em Televisão Digital da UNESP/Bauru e autora do livro “A batalha pela hegemonia comunicacional na América Latina”. O conteúdo de sua aula incluiu a gênese, evolução e tendências do pensamento comunicacional na América Latina, dando ênfase à constituição e itinerário da ELACOM e vislumbrando os principais autores e correntes.

No dia 9 (quinta-feira), intervieram os atuais diretores da INTERCOM, Osvando José de Moraes e José Carlos Marques. A pós-graduação em comunicação no Brasil mereceu ampla exposição do Professor Osvando José de Moraes, que resumiu a História da Pós-graduação na universidade brasileira, mostrando a trajetória e as tendências atuais dos cursos de pós-graduação em comunicação no Brasil, especialmente a avaliação dos programas pela Capes, plataforma Lattes e sistema Qualis. Osvando é Doutor em Ciências da Comunicação pela ECA–USP, pesquisador e professor titular da Universidade de Sorocaba, onde coordena o Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura. Dirige a Coleção Azul de Comunicação (Ateliê Editorial) e a Coleção Verde-Amarela (INTERCOM).

As idéias comunicacionais disseminadas no Brasil foram expostas pelo Professor José Carlos Marques, que é Doutor em Ciências da Comunicação pela ECA-USP e Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Atuando como docente dos cursos de Jornalismo e Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie, ele é autor do livro O futebol em Nelson Rodrigues (São Paulo, Educ/Fapesp, 2000), ocupando o cargo de Diretor Administrativo da Intercom. Mantém ainda uma coluna semanal no site www.trivela.com, especializado em futebol internacional. Os tópicos da sua aula destacaram os estudos e a prática da comunicação no Brasil entre o viés frankfurtiano/marxista (os “apocalípticos”) e o viés funcionalista (os “integrados”); o estruturalismo e a análise de discurso como alternativas de leitura; o legado de McLuhan e a ecologia dos media; a crítica cultural na imprensa brasileira e as influências das escolas paradigmáticas da comunicação.

Finalmente, na sexta-feira, das 9h-12h, os alunos ouviram a preleção da Professora Margarethe Born Steinberger sobre os discursos geopolíticos da mídia na América Latina: aspectos sócio-cognitivos. Mestre em Linguística e Doutora em Comunicação e Semiótica, foi pesquisadora e docente na PUC-Rio, Unicamp, PUC-SP e Universidade Livre de Berlim (Alemanha). Atualmente é professora de Comunicação e Informação da Universidade Federal do ABC (UFABC) e conselheira da Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação. O foco de sua aula foi a cognição social e o papel da mídia na pós-modernidade, os discursos jornalísticos e a formação do imaginário internacional latino-americano.

“A comunidade acadêmica das ciências da comunicação: fontes para o seu estudo no Brasil” foi o último tema do curso, sob a responsabilidade do Professor José Marques de Melo, que reconstitui o itinerário brasileiro da comunidade acadêmica e suas matrizes pedagógicas, percorrendo suas fontes principais e avaliando o avanço cognitivo já conquistado.

No encerramento do curso, os participantes elogiaram o trabalho de organização feito pela funcionária Jovina Fonseca e pela equipe de estagiários da Facasper. Reivindicaram também a continuidade do programa de cursos de férias, sugerindo novos temas e propondo outros espaços para sua realização.

Ao agradecer a colaboração de todos os professores, da equipe de apoio logístico e a participação dos alunos, o Professor Marques de Melo anunciou a destinação do valor arrecadado com o curso, ou seja, a publicação do livro “Valquírias Midiáticas”, uma homenagem às mulheres que hoje formam o maior contingente da INTERCOM. Esse investimento será potencializado através da revenda dos exemplares do livro, previsto pela Diretoria Editorial da INTERCOM para integrar a coleção “Verde Amarelo”, dirigida pelo professor Osvando José de Moraes. Vários participantes do curso se dispuseram a fortalecer a campanha, organizando sessões de lançamento da obra nas respectivas universidades, de modo a canalizar os valores arrecadados para a construção do novo auditório da INTERCOM.

Fonte: site do INTERCOM

Comentarios

comentarios

Compartilhe esse post

Sobre o Autor

Comentários

Sem nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu email não irá aparecer no comentário Os campos destacados são obrigatórios *